3 min de leitura
21 Jan
21Jan


Vou tem dúvida de como realizar o cálculo do INSS? Gostaria de saber a tabela vigente para 2022? Continue comigo que te explicarei tudo 😊.

Antes de começar é importante saber mais sobre as tributações vigentes no Brasil, não deixe de ler os nossos textos:

MEI: Manual Completo 2021 

Simples Nacional: Manual Completo 2021 

Como são tributadas as empresas do Lucro Presumido.

Tabela Vigente a partir 01/01/2022

No Diário Oficial na data de 21/01/2022 foi publicado a nota tabela de INSS, conforme mostramos abaixo:

Essa é a tabela vigente a partir de 01/01/2022

Salário de Contribuição R$Alíquota %
Até R$ 1.212,007,50%
De R$ 1.212,01 até R$ 2.427,359,00%
De R$ 2.427,36 até R$ 3.641,03
12,00%
De R$ 3.641,04 até R$ 7.087,22
14,00%


Como é realizado o cálculo?

O cálculo é progressivo, ou seja, para encontrar o valor do INSS de cada empregado é necessário utilizar a tabela, suas faixas e alíquotas, mas sempre respeitando os limites:

Por exemplo: Um empregado recebe salário de R$ 3.000,00 :

Faixa 1: R$ 1.212,00 X 7,5% = R$ 90,90

Faixa 2: R$ 2427,35 - R$ 1212,01 = R$ 1.215,34 x 9% = R$ 109,38

Faixa 3: R$3.000,00 - R$ 2.427,36 = R$ 572,64 x 12% = R$ 68,71

Total de INSS a recolher: R$ 90,90 + R$ 109,38 + R$ 68,72 = R$ 269,00


ALÍQUOTA EFETIVA

As taxas exibidas no recibo referente ao INSS são demonstrada a alíquota efetiva do cálculo.

Para encontrar esta alíquota, basta dividir o Valor Total do INSS pelo Valor Total da Base de Cálculo e multiplicar por 100:

R$ 269,00 (Total INSS) ÷ R$ 3.000,00 (Total Base Cálculo) x 100 = 8,97%

Tabelas de anos anteriores

Tabela Vigente até 31/12/2021

Essa foi a tabela que teve a sua vigência até 31/12/2021

tabela de INSS, conforme mostramos abaixo:

Salário de Contribuição R$Alíquota %
Até R$ 1.100,007,50%
De R$ 1.100,01 até R$ 2.203,489,00%
De R$ 2.203,49 até R$ 3.305,22
12,00%
De R$ 3.305,23 até R$6.433,57
14,00%

Tabela Vigente até 31/12/2020

Essa foi a tabela que teve a sua vigência até 31/12/2020

Salário de Contribuição R$Alíquota %
Até R$ 1.045,007,50%
De R$ 1.045,01 até R$ 2.089,609,00%
De R$ 2.089,61 até R$ 3.134,40
12,00%
De R$ 3.134,41 até R$6.101,06
14,00%


COMO ERA REALIZADO O CÁLCULO?

Os colaboradores regidos pela CLT até o dia 29 de fevereiro de 2020 possuíam um cálculo de INSS bem simples, ou seja, utiliza a base de cálculo (salário, comissões, horas extras, férias e etc.) e aplicar o percentual da tabela de INSS vigente no momento, respeitando o limite de desconto, que corresponde à R$ 671,12 (teto) mensais.

Essa foi a tabela que teve a sua vigência até 31/12/2020

Salário de Contribuição R$Alíquota %
Até R$ 1.045,007,50%
De R$ 1.045,01 até R$ 2.089,609,00%
De R$ 2.089,61 até R$ 3.134,40
12,00%
De R$ 3.134,41 até R$6.101,06
14,00%

Por exemplo: Um empregado recebe salário de R$ 3.000,00. Para o cálculo do INSS no modelo vigente até 29 de fevereiro de 2020 era assim:

R$ 3.000,00 x 9% = R$ 270,00 (este é o valor que será descontado na folha de pagamento)


Conseguiu entender como funciona o novo cálculo do INSS? Caso ainda tenha alguma dúvida, escreva nos comentários abaixo.

Texto escrito por:

Isadora Veiga: Consultora pessoal na Contabilizeaqui


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.