NOTA FISCAL DE ENTRADA, VOCÊ SABE O QUE É?


2 min de leitura

Toda empresa necessita de recursos para executar suas atividades. Um comércio precisa de produtos para revenda, uma prestadora de serviços necessita de materiais para executar seu trabalho etc.

Portanto, em todo ato de compra ou ao contrato de serviços, ocorrerá a obrigatoriedade de receber um documento fiscal que será utilizado para fins de registro e cumprimento de obrigações fiscais.


Vamos a um exemplo:

Uma empresa prestadora de serviços que atua fazendo impressões de mapas para fins de construções de casas, terá que efetuar a compra de bobinas de papel sulfite, cartuchos de tintas coloridas, entre outros materiais para poder realizar seu trabalho.

A empresa que vendeu esses materiais emitirá uma nota de venda. Essa nota fiscal emitida pela empresa vendedora, será reconhecida como uma nota fiscal de entrada para a prestadora de serviços que adquiriu os materiais indispensáveis para realização de seus afazeres.

No entanto, para desempenho das atividades, apenas a compra de materiais não será suficiente, certo? Também é necessário a utilização de uma impressora, um computador, entre outros equipamentos que, ao serem comprados, também terão uma nota fiscal e, consequentemente, também serão reconhecidos como uma nota fiscal de entrada de bens necessários à execução e manutenção das atividades da empresa.


MAS, O QUE É SER TOMADOR DE OUTRA EMPRESA?

Um tomador é aquele que contrata a prestação de serviços de terceiros. Dando sequência ao exemplo acima, a prestadora de serviços de impressão, contrata o escritório Contabilizeaqui para contabilidade de suas movimentações patrimoniais. Logo, a nota fiscal de serviços emitida pelo escritório será reconhecida como nota fiscal de entrada e será utilizada para lançamento e escrituração junto a prefeitura no qual a empresa tomadora possui cadastro mobiliário.


QUAL A IMPORTÂNCIA DO ENVIO DE NOTAS FISCAIS AO ESCRITÓRIO?

Mensalmente, solicitamos o envio das notas de entrada na plataforma de atendimento, sendo agora conhecida como Onvio gestão e não mais Domínio atendimento. Pedimos aos nossos clientes que nos enviem no mês solicitado todas as notas fiscais recebidas pertinentes ao período objeto dos envios de declarações fiscais e apuração de guias de tributos. Exemplo:

Para a primeira semana do mês de Novembro/2019 (Mês vigente), nos enviar todas as notas recebidas em Outubro/2019 (Mês anterior).

Desta maneira, não haverá multas decorrentes da não entrega de declarações, ou multas por atraso de pagamento de impostos.

QUAIS ARQUIVOS DEVO ENVIAR AO ESCRITÓRIO?

 

Os arquivos que deverão ser anexados são os documentos fiscais (notas fiscais eletrônicas/cupons fiscais eletrônicos) que compreendem:

  • Notas fiscais de compra de mercadorias e produtos, ou seja, as NFE’s recebidas de fornecedores;
  • Notas fiscais de contratação de serviços (incluem energia elétrica, telefone, Internet, dentre outras que caracterizem prestação de serviços);
  • Notas fiscais de compra de equipamentos para uso na empresa.

Os arquivos deverão ser enviados em formato XML e/ou PDF.


COMO ENVIAR AS NOTAS FISCAIS NO PORTAL ONVIO?

Para envio de arquivos, entrar com o login e senha na plataforma do Onvio Gestão e clicar na aba “Solicitações de Serviços” / Geral:




Após, na próxima página, selecionar o departamento fiscal, colocar no campo assunto “Notas de Entrada”, escrever uma descrição conforme necessidade e anexar os arquivos clicando no botão “localize um arquivo”. Prontinho, agora é só clicar no botão adicionar e aguardar nosso retorno via resposta a solicitação:



Comentários
* O e-mail não será publicado no site.