5 passos para abrir sua loja virtual do zero.


5 min de leitura
25 Oct
25Oct

Um dos ramos que mais vem crescendo em nosso país, é o ramo das lojas virtuais, conhecidas como E-Commerce. Você que tem um espírito empreendedor e está cheio de ideias para abrir sua loja virtual, e não sabe por onde começar, nós estamos aqui para dar aquele empurrãozinho que estava faltando.

Mas por que uma loja virtual?

Por ser virtual, você não precisa de um lugar fixo, onde ele irá gerar despesas e gastos. Você irá apenas precisar de uma plataforma, hoje em dia existem várias plataformas gratuitas ou que cobram apenas a comissão de tudo que é vendido. 

Sua loja terá um grande alcance de consumidores, podendo ter clientes em diversos locais do Brasil. Sendo uma das maiores vantagens desse tipo de comércio. E não se assuste pelo fato de vender para diversas localidades, muitas plataformas online fazem todos os trâmites logísticos para você, você apenas irá anunciar seus produtos e eles farão o restante. Também conte sempre com uma contabilidade para lhe auxiliar nas operações fiscais e tributárias da empresa.


Quais são os 5 passos para começar a operar com uma loja virtual?

1º Passo: 

O primeiro passo, é definir qual seu tipo de comércio, com qual tipo de mercadoria você irá trabalhar. O ideal é que seja algo em que você goste e se identifique, futuramente isso poderá ajudar e muito a alavancar as suas vendas. Deverá também pesquisar fornecedores e preços em que irá trabalhar. 

Por exemplo, um dos ramos que mais faturam no mercado online, é o ramo de eletrônicos, ainda mais os voltado a área de informática, etc. Vamos supor que você escolha comercializar fones, mouses, teclados, etc. O ideal é que você entre em contato diretamente com o fabricante para poder realizar suas compras, comprando a preço de fábrica, a margem de lucro sobre suas vendas será maior. 

2º Passo: 

O segundo passo é, abrir um CNPJ, onde irá conter a informação de qual tipo de mercadoria você irá comercializar, o nome da empresa, porte da empresa, entre outras informações, se quiser entender mais sobre o processo de abertura, não deixei de ler o nosso manual de abertura de empresa

Por se tratar de um E-Commerce, e dependendo da situação é permitido que o endereço seja o residencial mesmo. Neste passo, você irá definir o nome da sua empresa, estude bem o nome antes para que não seja muito parecido com algum já existente ou fácil de ser copiado. 

Também, não existe um limite de CNAEs a ser colocado em seu CNPJ, se você optar por comercializar produtos de categorias diferentes, poderá colocar quantos forem preciso. Se quiser entender o que é cnae, leia o nosso texto  O que é cnae? Qual atividade eu posso colocar no meu CNPJ?.

3º Passo:  

Com os passos acima já executados, o terceiro irá requerer muita organização. Irão chover planilhas, anotações e outras formas de controle, mas isso é indispensável. Saber todos os processos do seu negócio é de extrema importância. Você deverá organizar o “estoque” todas as quantidades dos produtos, preços de compra e venda, gastos com embalagens, comissão dos sites que irá utilizar, para não ter prejuízo.

Se você não optar por vender por alguma plataforma, e decidir ter um próprio site para realizar suas vendas. Você terá um pouco mais de trabalho, pois as plataformas já tem estratégias de divulgação, formas de envio, e diversas outras funcionalidades que facilitam seu negócio.  

4º Passo: 

O quarto passo é a divulgação, o marketing hoje em dia é de extrema importância. Uma empresa com uma identidade autêntica, faz muita diferença entre os consumidores. Fotos bem feitas, nomes e frases marcantes ajudam muito na divulgação ainda mais nesse mundo virtual. Também quanto mais detalhes do seu produto, melhor. 

Optando pelas vendas em alguma plataforma, elas mesmo já têm estratégias de marketing, você apenas irá precisar pagar uma comissão um pouco maior a eles. Essa comissão é paga através de uma porcentagem dos produtos vendidos. Caso tenha seu próprio site, as redes sociais são de extrema importância nessa parte. 

5º Passo:  

Por fim, o quinto passo é colocar tudo em prática, todos os passos anteriores saírem do papel. Lembre-se sempre de manter tudo muito organizado, desde as compras até preços finais, formas de envio, quais produtos mais vendem, quais menos vendem, dentro de outros aspectos, como financeiros e contábeis para que a empresa esteja sempre com saldos positivos. 

Procure sempre se atentar aos impostos e faturamento da empresa, para manter sempre a parte financeira do seu negócio em dia.


Conte sempre com um parceiro com conhecimentos técnicos, conhecimento sobre o porte da empresa, tributos a serem recolhidos, códigos fiscais referentes as notas, trâmites entre estados, entre outras informações de extrema importância.

Mantenha-se sempre atualizado e atento a mudanças que ocorrem constantemente nesse mundo online. 

Além desses 5 passos, vai aí alguns tópicos que podem te ajudar no início do seu negócio. 

  • Ter um valor para investimento inicial;
  • Estudar seu público alvo;
  • Analisar seus concorrentes, e buscar um diferencial, para se destacar;
  • Estudar seus fornecedores;
  • Ter vários meios de pagamento, como cartão, boleto, entre outros;
  • Ter vários meios de envio, expandindo assim suas vendas;
  • Precificar corretamente seus produtos;
  • Definir um perfil para seu negócio;

Segue algumas dúvidas frequentes sobre abertura de um CNPJ?

1) Posso ser MEI tendo um E-Commerce? 

Pode sim! Vários CNAEs de comércio, são permitidos pelo MEI. Basta fazer o controle do seu faturamento, para que não ultrapasse o limite estipulado pelo MEI.

Se quiser saber mais sobre o MEI, acesse o nosso texto MEI: Manual Completo 2021. Se quiser consultar os cnaes permitidos pelo MEI, acesse o nosso texto Tabela de cnaes completa do MEI.

2) E-Commerce serve apenas para revenda de produtos? Ou posso fabricar e vender?

Não é apenas para revenda, não. Você pode sim, fabricar algum produto e vender no seu E-Commerce. 

3) O que quer dizer ter um E-Commerce modelo B2B e B2C?

Se você se deparou com algumas dessas siglas e não entendeu, fique tranquilo, ela é uma espécie de “modelo” de E-Commerce. 

O modelo B2B (business to business) é um modelo onde as vendas são de empresas para empresas. 

Já o modelo B2C (business to consumer) é o modelo de venda direto para o consumidor final da mercadoria. 

3) Como funciona o processo de venda através do E-Commerce?

Citamos acima, várias informações de extrema importância, que estão por trás do que seu cliente irá ver. Ele terá contato com o site, ou plataforma de venda, rede social etc. Lembre-se que um feed bem organizado, uma identidade visual, são importantíssimos para seu negócio, aliás, sessa será a sua vitrine.

Ao acessar seu site, ou plataforma, seu cliente irá escolher os produtos que mais o interessam, é necessário tem um bom controle dos tamanhos, cores, e quantidade de cada produto. Enfim, seu cliente ira escolher os produtos que deseja, e salvar no seu “carrinho” ou “sacola”, ao finalizar ele vai na tela de preenchimento dos seus dados pessoais e endereço, logo após, ele irá preencher os dados para pagamento, e por fim finalizar a compra. Agora é com o comprador, fazer uma embalagem para as vendas, e enviar dentro do prazo estipulado para o comprador. Como forma de fidelização, alguns vendedores envias alguns brindes, e cupons de desconto para seu cliente voltar ao seu E-Commerce. 

Fácil né? Hoje em dia, a maioria das pessoas optam por essa forma de compra, não apenas para produtos eletrônicos, roupas e sapatos, até produtos de supermercado, higiene, entre outros também estão nessa modalidade hoje em dia. 

Se você se interessou por essa modalidade, e tem dúvidas sobre que produto vender, vai ai algumas ideias: 

  • Roupas e calçados;
  • Produtos eletrônicos;
  • Cosméticos;
  • Peças (pequenas) de carro e moto;
  • Itens de papelaria;
  • Itens de uso doméstico;
  • Itens para Pets;
  • Roupas de bebê, etc.

Se você gostou desse artigo, e deseja abrir uma loja virtual, nós do Contabilizeaqui abrimos gratuitamente, você paga apenas os encargos para os órgãos públicos. Auxiliamos em diversas questões, e estamos sempre à disposição.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.